Como profissionais da saúde podem manter a saúde emocional durante a pandemia de coronavírus

De acolhimento psicológico gratuito a exercícios físicos adaptáveis à rotina, é necessário apostar em estratégias para cuidar da mente

Com o acúmulo de funções e a exposição a situações extremas durante a pandemia de coronavírus, profissionais da saúde podem colocar a própria saúde emocional em segundo plano. Buscar apoio psicológico e inserir atividades que promovam o bem-estar durante alguns minutos ao longo do dia pode ajudar a aliviar consequências comuns de estresse, como ansiedade e insônia, e evitar transtornos mais graves, como o de estresse pós-traumático ou síndrome de burnout.

Plataformas de acolhimento e atendimento psicológico online gratuitas

A Chave da Questão – a iniciativa criada por um grupo de psicólogos surgiu com o propósito de aconselhar online e gratuitamente pessoas que estão com dúvidas ou conflitos, buscando o bem-estar e auxiliando a resolver conflitos. Após um dia de lançamento, o site atingiu mais de um milhão de acessos e ficou inviável agendar sessões de acolhimento pela plataforma. Então, o projeto continuou o trabalho no Facebook e Instagram, onde são divulgadas dicas de alimentação, atividades de rotina, exercícios físicos, ideias de diversão e lives diárias com especialistas sobre saúde emocional durante o enfrentamento da pandemia de coronavírus

Acolhimento voluntário do Grupo Creare – o Grupo de Estudos Pesquisas e Ações em Psicologia de Orientação Psicodramática, do Ceará, abriu uma seção de aconselhamento voluntário para pessoas que estão em crise durante a pandemia de coronavírus. O aconselhamento não é a mesma coisa que a psicoterapia, pois ele é feito em caráter emergencial. No site, há um banco com psicólogos de todo o Brasil, dispostos a realizar sessões online de acolhimento. Os interessados devem escolher um profissional e entrar em contato via WhatsApp para agendar o atendimento.

Bem.Care – o aplicativo, que reúne produtos e serviços de saúde, está oferecendo sessões gratuitas de atendimento psicológico online até o fim do mês de setembro para ajudar pessoas que estão passando por isolamento ou crises durante a pandemia de coronavírus, como profissionais da saúde.

Plataformas de acolhimento e atendimento psicológico online pagas

Psicologia Viva – pelo site é possível agendas sessões de psicoterapia online, a qualquer hora, com algum dos profissionais cadastrados. Ao fazer o cadastro para ser atendido, o interessado indica sua principal motivação para procurar a terapia, o que facilita na busca de psicólogos especialistas em áreas como ansiedade, depressão, dependência química, estresse pós-traumático, entre outras. Diferente do aconselhamento, os atendimentos psicológicos não são pontuais e irão tratar do problema ao longo das consultas. Os valores das sessões são definidos por cada profissional e custam a partir de 60 reais.

Vittude – na plataforma é possível encontrar psicólogos de diversas vertentes e especialidades, com disponibilidade de atendimento a qualquer hora. Os interessados em passar pelo atendimento online pode selecionar o profissional de acordo com a experiência, área de atuação, formação acadêmica, valor da consulta e classificação dada por outros pacientes.

Canais e plataformas de meditação guiada e mindfullness

As práticas de meditação e mindfullness não substituem o acompanhamento de um profissional em saúde mental, mas são ótimas aliadas para diminuir sinais e sintomas de estresse e ansiedade, por exemplo, e até fazem parte de alguns métodos terapêuticos. A vantagem para profissionais da saúde é que essas práticas podem ser feitas em pausas entre uma consulta e outra, pois não demandam muito tempo ou materiais. Veja algumas iniciativas para começar a praticar:

Mildfulness – tem como objetivo principal treinar a mente para gerenciar emoções, focando no presente e evitando reagir a situações estressantes com impulsividade. A Casa Firjan tem oferecido sessões semanais gratuitas de Mindfulness durante o período de pandemia. Cada semana é uma temática diferente, para agir em diversos aspectos emocionais.

Meditação guiada – para quem ainda não tem familiaridade com a meditação, é interessante começar com um professor ou outro praticante experiente para orientar e dar instruções. O aplicativo 5 minutos é ideal para quem é iniciante ou tem uma rotina atribulada. A proposta é pausar as atividades por 5 minutos e seguir as orientações para corrigir a postura e respiração, tudo com uma trilha sonora relaxante de fundo. Outra dica é o aplicativo Sattva, também indicado para iniciantes, que traz uma variedade de meditações guiadas e permite que o usuário registre o humor antes e após a prática, para acompanhar sua evolução.

Canais para praticar Yoga e exercícios fáceis de encaixar na rotina

Com a rotina estressante, principalmente para profissionais da saúde que estão atuando na linha de frente do combate à Covid-19, e academias fechadas, é esperado que a prática de exercícios físicos não seja uma realidade. Mas, separar poucos minutos espalhados pela semana ajuda a melhorar a qualidade do sono, aumentar a disposição e proporcionar sensação de bem-estar.

Yoga – o canal da Pri Leite traz uma série de aulas voltadas para vários resultados, desde relaxamento, até alongamento muscular e disposição. Com sessões a partir de 10 minutos, é possível praticar os movimentos dentro de casa e até mesmo no consultório, em um momento de pausa.

Exercício em Casa – o canal tem aulas de exercícios para diversos fins, com modalidades como ginástica aeróbica, treinamento intervalado de alta intensidade, alongamento e pilates. As aulas não exigem nenhum material e podem ser feitas em qualquer local.

Blogilates – com um método próprio de pilates, o canal tem mais de 700 vídeos voltados para exercícios de flexibilidade e fortalecimento, com diversas intensidades. A vantagem é que as aulas são curtas, a partir de cinco minutos, e podem ser encaixadas durante o dia, de acordo com a rotina.

*A Bayer não tem parceria ou se responsabiliza pelos serviços de empresas citadas no artigo.

<< voltar para Covid-19