Confira dicas e pacotes de viagem para descansar

Passado cerca de seis meses de quarentena e isolamento social o cansaço mental e físico está atingindo inúmeras pessoas. Por isso, pequenas viagens podem ser importantes nesse momento para recuperar as energias perante um momento tão peculiar e difícil que a sociedade está enfrentando.

As viagens de carro podem ser a melhor opção no momento, porque você consegue controlar o fluxo de entrada e saída de pessoas do veículo. No entanto, é preciso tomar cuidados com as paradas e sempre higienizar volante, câmbio efreios, por exemplo.

Já se optar ir de avião, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) recomenda o uso de máscaras, utilização de álcool em gel e manter uma distância mínima de 2 metros. Além das seguintes medidas de proteção:
 

  • antes e depois de estar em um ônibus, metrô, avião, táxi, e outros meios de locomoção, lave as mãos com água e sabão por no mínimo 20 segundos;
  • evite tocar seus olhos, nariz ou boca e o contato próximo com outras pessoas;
  • lavar as mãos deve ser um hábito constante, especialmente após tocar em superfícies, receber objetos de outras pessoas, ou, antes de tocar o próprio rosto e comer;
  • não viaje se estiver doente ou se teve contato com alguém que testou positivo nos últimos 14 dias;

 

Confira dica para economizar em sua viagem

Para viagens de carro, o Airbnb, Booking e outros sites que possibilitam alugar imóveis de temporada são uma boa opção para escolher seu próximo destino. Um ponto de atenção são as taxas de cancelamento que mudam de acordo com o imóvel escolhido. O Instagram também possui páginas com diversas dicas de pousadas que podem ser acessadas via carro como o @pousadas.top.

Caso decida viajar de avião para algum destino, o Decolar, Google Flights, SkyScanner e Voopter são exemplos de sites de monitoramento de preços de passagens que podem auxiliar na escolha mais em conta do trecho desejado.

Independente do destino e formato de viagem, não esqueça das medidas de proteção.

*A Bayer não tem parceria ou se responsabiliza pelos serviços citados e prestados por terceiros.

<< voltar para Covid-19