Dicas de convivência e cuidado com idosos na quarentena

Os idosos são o principal grupo de risco vulnerável a desenvolver complicações pela COVID-19. Por isso, precisam ter cuidados ainda mais restritivos quanto ao isolamento social. Outro problema que pode ser agravado com o distanciamento social é a falta de contato com familiares e amigos, ficando mais tristes e ansiosas.

Os familiares que moram com idosos também precisam reforçar a precaução, especialmente ao voltar da rua. Como dicas gerais devem sempre lavar as mãos com frequência, deixar os sapatos do lado de fora casa e se higienizar sempre que voltam de casa

Confira algumas dicas para amenizar os impactos do isolamento de pessoas idosas neste período.

Se os idosos convivem com você

  • Pergunte e converse sobre suas histórias antigas e reveja junto delas fotos de momentos importantes, que tragam boas recordações. Isso ajuda a dar sentido positivo às suas experiências e reforça sua importância na vida de familiares e amigos; 
  • Procure jogos de mesa, como damas ou dominó, por exemplo, para jogar junto com a família. Os jogos podem ser uma forma de distração para os mais velhos e ajudam a “matar o tempo” e não focar apenas nas notícias sobre o coronavírus;
  • Combine de assistir a filmes ou programas que gostam juntos. A atividade ajuda a relaxar e, caso vocês estejam longe, a dica é combinar de ver o mesmo filme simultaneamente, cada um em sua casa, e comentar sobre ele depois;
  • Incentive-os a cuidar do corpo e fazer atividades que gostam, como dançar, cozinhar, ler, ouvir música, cultivar plantas ou tocar um instrumento;
  • Se na casa houver um quintal ou uma varanda, é interessante que o idoso tire alguns minutos do dia para tomar sol, aproveitar para absorver vitamina D e tentar relaxar. Os horários mais indicados para tomar sol são antes das 10h e após as 16h; 
  • Se os idosos não moram com você, reforce sempre que o isolamento é necessário, mas que essa fase é passageira e eles poderão sair e encontrar amigos e familiares novamente. Essa mensagem é importante para que os idosos se sintam mais seguros e acolhidos;
  • Trocas de mensagens mais frequentes e ligações por vídeo, principalmente com os netos, podem ajudar a aliviar a saudade. Para crianças com aula online, uma opção possível é sugerir que os mais jovens peçam ajuda aos avós para tirar dúvidas em suas tarefas, se possível;
  • Tome cuidado para não infantilizar o idoso, porque isso pode afetar sua autoestima. Apesar de estarem mais vulneráveis, pessoas mais velhas não devem ser tratadas como crianças. Deixe que elas expressem seus desejos e opiniões e mantenham a autonomia, definindo os horários para realizar as tarefas do dia a dia.

 

 

*A Bayer não tem parceria ou se responsabiliza pelos serviços citados e prestados por terceiros.

<< voltar para Covid-19